Após arrecadar US$ 1,5 milhão em venda de tokens, Cardano (ADA) pode ter DEX em setembro

A DEX Cardax (Exchange descentralizada) da rede da Cardano (ADA), arrecadou US$ 1,5 milhão em sua primeira venda de tokens comunitários.

A Cardax confirmou nesta quarta que o financiamento obtido com a primeira venda de tokens comunitário irá ajudar a DEX a operar na rede a partir de setembro de 2021.

O protocolo Extended Automated Market Maker (EAMM) , base do DEX Cardax afirmou que:

“[A DEX] servirá como uma plataforma de negociação essencial e poderosa no ecossistema Cardano (ADA), fornecendo liquidez para projetos que emitem tokens nativos. A plataforma será aberta e acessível a todos. Qualquer um pode se tornar um provedor de liquidez e começar a ganhar tokens CDX”.

A equipe da Cardax também está de olho nos futuros desafios e lacunas no ecossistema da Cardano (ADA). Quer, por exemplo, ter aumentado o uso corporativo da criptomoeda bem como da adoção pelo setor de finanças descentralizadas (DeFi).

Após a venda bem-sucedida, a DEX da Cardax planeja concretizar uma venda pública de tokens em agosto de 2021.

Um peso importante á criação da DEX da Cardax é ter sido um dos vencedores do Fundo 4, anunciado pelo Project Catalyst da IOHK, mostrando que é um projeto inovador e que apoia o crescimento da Cardano (ADA).

O que há de novo no ecossistema Cardano

Muitos avanços foram anunciados para consolidar o projeto, como a carteira Yoroi Wallet, da Cardano e na quinta-feira (29) o lançamento de um conector que permitirá a interação entre detentores de ADA e aplicativos descentralizados (DApps).

O fundador da Cardano Charles Hoskinson já havia anunciado que os contratos inteligentes do protocolo agora são aceitos por navegadores na rede de teste.

No dia 15 de julho, mesmo dia em que anunciou a implantação com sucesso do nó Alonzo White, acrescentou a novidade da Djed, uma nova stablecoin algorítmica que funcionará como um “banco autônomo”.

Valor da ADA

O valor do token ADA manteve praticamente estável na última semana, porém com crescimento de 7,1%, com bastante espaço para ir novamente rumo ao recorde histórico de US$ 2,45 atingido em maio de 2021.

Deixe uma resposta