Fake News diz que processo da Ripple com a SEC acabou

Uma FAKE NEWS informando que a Ripple Labs havia ganho o processo movido pela SEC foi divulgado por veículos da mídia, mas foi rapidamente desmentida pelo Conselheiro Geral da empresa.

O suposto comunicado da Ripple, intitulado “A luta legal da SEC vs. Ripple acabou”, alegava que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA havia retirado todas as suas acusações contra a empresa, foi publicado no portal de notícias Accesswire na manhã desta sexta-feira (1).

O Conselheiro da Ripple negou o fim do caso

A notícia circulou nas redes sociais, e foi republicada pelo Yahoo Finance. No entanto, diversos usuários começaram a contestar se o comunicado seria verdadeiro ou não.

Pelo Twitter, o Conselheiro Geral da Ripple, Stuart Alderoty, respondeu um usuário afirmando que o comunicado seria falso. Com isso, tanto o Yahoo como o Accesswire apagaram suas matérias divulgando o falso término do caso.

Apesar da resposta de Alderoty ser um banho de água fria para os investidores do Ripple (XRP), token nativo da Ripple, o ativo não sofreu com nenhuma queda repentina em seu preço. A criptomoeda acumula alta de quase 10% nas últimas 24 horas e era negociada a US$ 1,04 no fechamento da matéria.

A Ripple ainda enfrenta problemas no caso envolvendo a SEC, que acusa a empresa de ter lucrado ilegalmente com venda de XRP. Recentemente, a Ripple teve um pedido negado para obter acesso ao histórico de negociações de membros do órgão regulador. O caso ainda não dá indícios de terminar logo.

Fake News no mundo cripto

O caso envolvendo o falso comunicado da Ripple não foi a única fake news do mercado cripto a atingir a grande mídia nas últimas semanas.

Há pouco tempo, um suporto comunicado do WALMART informando que o varejista passaria a aceitar Litcoin (LTC) como forma de pagamento foi repercutido em diversos veículos da mídia. No entanto, a companhia logo desmentiu o fato.

Com isso, o preço da LTC, que outrora tinha disparado mais de 20% em apenas alguns minutos, sofreu uma queda brusca. Porém, alguns investidores da criptomoeda conseguiram se beneficiar da falsa notícia.

fonte: beincrypto

Deixe uma resposta