Nike e Adidas mergulham no metaverso e NFTs

Nike e os tênis virtuais

Com objetivo de se lançar e ter seu espaço conquistado e reconhecido no mundo virtual do Metaverso, a Nike (NKE) informou na semana passada que adquiriu uma empresa de tênis virtual chamada RTFKT. A RTFKT é uma startup fundada em 2020 que cria NFTs (non-fungible token) de tênis no Metaverso.

O CEO da companhia, John Donahoe disse que a compra faz parte do processo de transformação digital que a Nike vem passando e com a missão de servir aos seus atletas e clientes uma maior conexão com criadores de novas tecnologias, esporte, jogos e cultura.

A Nike foi uma das primeiras empresas a entrar no Metaverso, com o ganho de notoriedade após o anúncio que o Facebook realizou sobre a mudança do nome da companhia para Meta.

A RTFKT valia US$ 33 milhões após a rodada de captação em maio que tinha como objetivo investir na venda de calçados virtuais e avatares. Outras empresas estão caminhando em direção ao Metaverso, visando acelerar a transformação digital e viver a nova realidade aumentada, caso da Adidas.

Adidas dá novo passo no Metaverso e lança coleção de NFTs

A Adidas támbém anunciou sua entrada no metaverso com as parcerias de Bored Ape Yacht Club, gmoney NFT e PUNKS comic.

“Neste outono, a Adidas, conhecida por celebrar ideias na vanguarda da originalidade, estabeleceu-se na fronteira da criatividade: O Metaverso. Nosso objetivo aí? Ver cada um de seus habitantes prosperar. O Metaverso é onde qualquer pessoa pode expressar suas idéias mais originais e ser o mais autêntico possível, em qualquer forma que assuma. E graças à blockchain e NFTs, esses pioneiros podem possuir uma parte do que eles criam”, disseram os responsáveis pelo projeto.

Com a parceria, uma peça da Bored Ape NFT tece seu desenho mudado para incluir o macacão símbolo da marca alemã. O Bored Ape Yacht Club contém mais de 10 mil NFTs cunhados na blockchain Ethereum (ETH). Enquanto isso, gmoney é um notável influenciador de criptomoedas e NFT que apareceu na Fortune NFTy 50. Por último, PUNKS Comic combina o mundo dos NFTs e gibis físicos para criar os chamados ‘gibis cripto’.

Logo de cara, a iniciativa foi um sucesso, com a Adidas conseguindo arrecadar mais de US$ 22 milhões com a venda de seus NFTs e a entrada no metaverso. Cada NFT foi comercializado por 0,2 ETH, cerca de US$ 769, e o lançamento se esgotou em poucos minutos. Dos 30 mil tokens, 29.620 foram vendidos e 380 foram mantidos pelos parceiros para campanhas futuras.

Os donos dos tokens da Adidas tem o direito de acesso a produtos físicos especiais, como casacos e acessórios personalizados que devem ser lançados no ano que vem. Também poderão experimentar antecipadamente o metaverso da companhia com seus NFTs adquiridos.

fonte: mktesportivo / moneytimes

Deixe uma resposta